quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Torta da Tia Minda (de Chocolate)



A receita que partilho esta semana, tem para mim um significado enorme pois é parte integrante do espólio de uma das minhas grandes inspirações culinárias... a minha querida Tia Minda! Um exemplo de senhora a todos os níveis e que  sempre me fez ver a cozinha com outros olhos. 

A receita (em baixo) é conforme a original, tal como nos era maravilhosamente presenteada: 


Ingredientes:

6 ovos
6 colheres de sopa de açúcar bem cheias
6 colheres de sopa de farinha bem cheias
1 embalagem de pudim Boca Doce de chocolate
1 colher de chá de fermento



Preparação:

Bater as gemas com o açúcar muito bem, adicione a farinha e o fermento e continue a bater.
Por fim adicione as claras batidas em castelo e vai ao forno em forma quadrada (30x30cm) devidamente untada. 






Entretanto prepara-se o pudim Boca Doce de chocolate seguindo as instruções da embalagem (costumo "roubar" um pouco na quantidade de leite para não ficar muito líquido). 
Quando a massa estiver cozida vira-se a forma em cima de um pano polvilhado com açúcar (para que a massa não cole ao pano).
De seguida deite sobre a massa o pudim Boca Doce de chocolate (não convém que esteja muito quente) e enrola-se com cuidado com a ajuda do pano para não quebrar a massa.






Eu fiz a massa exactamente da mesma forma, no entanto abusei um pouco na decoração pois era para os meus amigos e colegas gulosos lá do trabalho ;) 
Foi decorada com chocolate de leite e chocolate branco, e para equilibrar o doçura destes dois chocolates, o recheio foi uma ganache de chocolate negro.


O que esta torta tem de maravilhoso é que fica sempre bem! Seja a versão mais elaborada aqui ao lado, ou aquela que eu confesso preferir, um tanto mais simples mas cheia de sabor... só polvilhada com açúcar e uma deliciosa compota caseira.... 

                                                                                 Hummmmm.... 


         .....fiquei curiosa!


                                                          Como vai ser aí em casa?